ARUBA: praias, snorkeling e mergulho (post 3 de 5)

Estamos de volta com outro capítulo sobre Aruba. Neste post, vamos falar das praias, snorkeling e mergulho. Para quem não sabe, snorkeling é a atividade de mergulhar com nadadeiras (ou não) e aquela máscara que tapa o seu nariz e tem um “canudo”, o snorkel, para você respirar enquanto está com o rosto dentro d’água. Se você não faz scuba diving (mergulho com cilindro) esta é uma ótima opção.

Ah! Você tem medo? Acredite: você pode SIM fazer snorkeling…se eu faço, qualquer pessoa faz! : ) Explicando melhor: não sou uma exímia nadadora, apesar de me virar. Porém, como sou super medrosa, aderi ao uso daquela pranchinha de natação. Se ficar cansada, posso sempre me apoiar nela. MICO? Pode até ser, mesmo assim, fico super feliz fazendo meu snorkeling sem ter que usar aqueles salva-vidas desconfortáveis.

Creio que as praias mais famosas de Aruba são: Palm Beach (onde fica a maioria dos resorts – high rise area), Baby Beach (sul da ilha), Malmok Beach (norte da ilha) e Eagle Beach (tem alguns hotéis all-inclusive, mas não ficam perto da badalação – low rise area). Mas há outras praias também.Depois de muito pesquisar (antes de viajar), percebi que as praias eram bem parecidas, então, não valeria muito ficar correndo de praia em praia. O melhor era escolher a que mais agradou e ficar nela… curtir sem pressa. Foi o que aconteceu. Como já estávamos em Palm Beach, resolvemos ficar nela mesma. Mar azul caribe e sem ondas (do jeito que gosto), areia branquinha, vazia (pois estava na baixa temporada) e a poucos metros da piscina do hotel… o que eu precisaria a mais para relaxar? Era piscina – praia – praia – piscina… quantas vezes quisesse! A Palm Beach só não é boa para snorkeling, pois não há corais por perto. Penso, também, que na alta temporada deve ficar cheia devido ao movimento de turistas dos hotéis.

ARUBA 2011 065

Palm Beach

Meu marido e eu somos do tipo “quanto menos gente melhor”. Baseados nessa máxima, resolvemos caminhar pela Palm Beach na direção sul do Radisson para ver se havia corais para fazermos snorkeling. Geralmente, os trechos em frente aos hotéis ficam mais cheios (por razões óbvias) e fomos andando e andando. Até que, achamos um trecho que estava sem viva alma e pensamos: “É aqui! Nossa, somos muito espertos! Vamos aproveitar!” Enquanto meu marido foi averiguar uma “mancha” no mar que deveria ser um coral, eu resolvi me deitar na canga e aproveitar o sol e o visual. Um minuto depois, eu era uma banhista empanada de areia! Lembra-se do vento constante de Aruba? Pois é, nesse trecho ele trabalha dobrado. Resultado: areia por todos os lugares possíveis e imagináveis! É… nem sempre nossa “espertisse” dá certo. Risos!

ARUBA 2011 081

Palm Beach: trecho onde o vento trabalha dobrado

ARUBA 2011 082

Fala a verdade: não parecia perfeito? Vento safado! : )

Eagle Beach: é a próxima praia depois de Palm Beach, só que no sentido sul. Dá para ir de ônibus, mas como estávamos de carro, aproveitamos. Nessa praia ficam os low-rise hotéis e a árvore símbolo da ilha (Divi divi tree). Toda vez que você vir uma foto de Aruba em que há uma árvore tortinha no meio da areia e atrás um mar e céu super azuis, já sabe: a foto foi tirada em Eagle Beach. Daí você pensa que a praia é deserta. Não é bem assim. Fomos na hora do pôr-do-sol e foi difícil conseguir tirar uma foto dela sem pessoas ao redor. Pelo menos, temos uma foto diferente do usual.

ARUBA 2011 703

Eagle Beach: Divi divi tree – árvore símbolo de Aruba

Roger Beach: esta praia fica ao lado da famosa Baby Beach no extremo sul da ilha. É linda e não têm turistas como na famosa vizinha. É uma praia de locais. Chegamos felizes, pegamos uma palapa (cabana), nos instalamos e pensamos: “Ótimo! Longe da turistada! Vamos aproveitar!” Quando entramos na água… que ner-vo-so! Muitas algas “nojentas” e a areia do fundo tinha uma textura estranha: fazia “nhec nhec”. Não consegui ficar e ri muito, pois outra vez a tentativa de sermos espertos não tinha dado certo. Pelo menos, agora você já sabe: se for para Aruba, tire muitas fotos da Roger Beach, pois ela é realmente linda e com um contraste interessante. Ao lado há uma indústria e você pensa como pode a água não ser poluída. Agora, entrar na água… só se quiser experimentar o “nhec nhec” que falei! Não deu outra: voltamos para a maravilhosa Baby Beach, a preferida dos turistas.

Roger Beach

Roger Beach: Linda! Porém faz “nhec nhec” nos seus pés. Indústria ao lado da praia.

Baby Beach: todos sempre falam dela. Também, pudera… como o próprio nome diz, parece uma piscina natural para bebês de tão rasinha e sem ondas que é. É o paraíso dos pais, porque podem ficar tranquilos com seus rebentos ali. Para quem faz snorkeling, Baby Beach proporciona uma experiência incrível, pois depois da barreira de pedras, há uma floresta de corais magnífica a ser desvendada. Basta ultrapassar a correnteza na entrada – que atrapalha um pouquinho, mas nada para ter medo, já que dá para apoiar os pés no chão (MAS NÃO PISE NOS CORAIS!!!!). Você não vê apenas peixinhos pequenininhos,mas sim, peixões lindos e coloridos como o Parrotfish. Fiquei encantada com aexperiência!!! Foi o meu début no snorkeling!

Fonte: imagens google               Parrotfish

ARUBA 2011 398

Baby Beach: Canto esquerdo – ultrapasse as pedras e você descobrirá um mundo fascinante embaixo d’água!

Boca Catalina: outro lugar maravilhoso para fazer snorkeling e que li poucas vezes sobre é Boca Catalina. Você pode ir de carro ou de ônibus, já que fica perto da Malmok Beach. Os corais ficam pertinho da beira da praia. É só entrar e colocar o rosto na água para ver uma vida marinha deslumbrante. Gostamos tanto de lá, que no nosso último dia voltamos lá às 7 da matina e tivemos o privilégio de presenciar um cardume enorme de French Angelfish devorando os corais como café da manhã! Emocionante!

ARUBA 2011 646

Boca Catalina

ARUBA 2011 651

Perfeita para snorkeling!

ARUBA 2011 647

É um trecho pequeno, porém muito lindo!

Para quem mergulha, Aruba é um paraíso! Meu marido fez 3 mergulhos que valeram muito a pena. Do lado do Radisson há uma operadora de mergulho chamada Unique Sports. O atendimento é bom e tem a Lúcia que é brasileira. Então, se você não fala inglês e nem espanhol, está aí a solução. O primeiro mergulho foi para ver o naufrágio Pedernales. Meu marido mergulhou a 7 metros de profundidade e eu fiz snorkeling no mesmo ponto. Foi uma experiência maravilhosa, mesmo só fazendo snorkeling. Meu marido ficou extasiado!!! Os outros mergulhos foram o naufrágio Antilla e o recife de Malmok. Também fiz snorkeling no naufrágio Antilla, mas esse fiquei com um certo medinho porque o mar estava mais agitado e com correnteza, me dando a impressão de que iria ser jogada contra o navio naufragado que fica bem próximo da superfície por ser enooormeee! Voltei para o barco rapidinho. Risos! Aproveitei para praticar meu inglês conversando com o capitão do barco (holandês) e um turista americano.

Pedernalles

Meu marido a 7 metros de profundidade e eu fazendo snorkeling na superfície. Foto tirada por mim com uma kodak 3.2 mega pixels dentro de uma bolsa estanque. Agora, dá para ter uma ideia do quanto é boa a visibilidade?

 

 

Se você gostou deste post, pode gostar também destes outros sobre Aruba:

Aruba: 7 dias de Felicidade! (2011)

Comilança

Passeios (2011)

Compras e Considerações Finais (2011)

Ainda sobre Aruba (2011)

Anúncios
Categorias: Viagens | Tags: , , , , , , , , | 6 Comentários

Navegação de Posts

6 opiniões sobre “ARUBA: praias, snorkeling e mergulho (post 3 de 5)

  1. Menina, babei com este lugar! Eu preciso de uma viagem destas!!! Lindas fotos e praias maravilhosas! Difícil escolher uma preferida. Desculpe, mas foi inevitável não rir com a história do banho de areia! hehehehehe

    • Risos! Pois é… o banho de areia… eu tive que rir para não chorar. Fui “metralhada” de areia, a bicha doi! Risos! Como eu disse no primeiro post sobre Aruba: realmente foram 7 dias de felicidade! Recomendo!!!

  2. Alvaro

    Olá Ana, parabéns pelo blog! Como seu marido mesmo disse, muitas pessoas lêem e poucos comentam. Eu sou um bom exemplo disso, tens uma prova … rs Estou indo para Aruba no início de outubro e me interessei pelo mergulho de cilindro que comentou. Lembra qual foi o valor? (mais ou menos, mesmo, só pra eu ter uma idéia)

    • Oi, Alvaro! Que bom que você comentou, risos! Fico feliz! : )
      Vamos às informações: meu marido fez um pacote de 3 mergulhos. Dei uma olhadinha no site da operadora de mergulho e este pacote está custando 175 dólares com equipamento. Se quiser, dê uma conferida no site, eles tem mais informações (em inglês, é claro! Mas lá, tem funcionário que fala português- pelo menos quando eu fui) http://www.uniquesportsaruba.com/rates.html
      Espero ter ajudado! Depois que você voltar, nos conte como foi!
      Boa viagem!

  3. Camila

    Oi,
    Vou fazer a minha primeira viagem internacional e vai ser para Aruba também, e o seu blog me ajudou muito em relação ao melhor, estou fazendo um roteiro e até agora não tinha achado uma indicação de mergulho como a sua!
    Vou ficar 7 dias e quero aproveitar ao máximo com meu namoro!!!
    Bjos

Seu comentário é bem vindo! : )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: