GRAMADO: Feriado de Corpus Christi 2012

Olá, meus Amigos! De volta à vida real, depois de um feriado maravilhoso em Gramado!

Este post será uma introdução, com uma visão geral da viagem. Em seguida virão mais três posts para detalhar sobre a pousada que nos hospedamos, os passeios, as compras e a gastronomia.

Demorei muito para escolher Gramado como destino de nossas viagens. Como sempre viajamos em janeiro, alto verão, nunca me passou pela cabeça passar as férias em Gramado. Afinal, verão combina com praia e eu só conseguia pensar no nordeste… Porém, surgiu a oportunidade de viajarmos no feriadão de Corpus Christi e Gramado veio substituir Buenos Aires, que estava no topo da lista, por termos conseguido as passagens para Gramado na Tam por R$950,00 ida e volta para nós dois. Foi então que Gramado se tornou real na semana mais fria dos últimos tempos, lá para as bandas da região sul do país e que nós caímos de amores pela cidade e pensamos: “Como é que nós não viemos aqui antes???”

A cidade é linda! Você tem a impressão de que não está no Brasil. Ruas lindas, limpas e bem organizadas. Depois de um tempo, porém, fica a sensação de se estar em uma cidade cenográfica, pois tudo é perfeitamente feito para o turista. Só os preços fogem à regra, pois somente agradam aos comerciantes! Mas esta sensação de cidade cenográfica é possível ter em qualquer lugar feito para turistas – sentimos isso em Aruba e em Maceió também, pois saindo da área turística, vemos a vida real com suas dificuldades.

Observações a parte, é uma delícia caminhar pela Av. Borges de Medeiros (a rua principal de Gramado) curtindo o friozinho ou o friozão com seu amor! Aliás, curtimos um friozão! No dia do feriado, pegamos -2ºC às 9:30 da manhã! Um baita frio para quem é de Niterói, Rio de Janeiro e que está acostumada a bater queixo com 18ºC, risos! A experiência foi congelante, embora muito gostosa!

GRAMADO 2012 031

Termômetro marcando -2ºC às 9:30 em frente à Igreja de São Pedro.

Me senti super segura em Gramado. Tanto, que fiquei passeando com minha máquina a tira colo para cima e para baixo…sentir isto não tem preço! Chegamos na 4ª feira à noite e fomos embora no domingo depois do almoço. Portanto, tivemos 3 dias inteiros para aproveitar e achamos o suficiente. No primeiro dia, fizemos o city tour pela manhã e fomos ao Alpen Park depois do almoço. No segundo dia, fizemos o passeio ao Cânion do Itaimbezinho no Parque Nacional Aparados da Serra em Cambará do Sul e, na volta, passamos no Parque do Caracol com a cascata de mesmo nome em Canela. No terceiro dia, íamos ao Templo Budista em Três Coroas, mas desistimos e decidimos aproveitar melhor o Lago Negro e namorar, sem pressa, caminhando pelas ruas da cidade.

Gramado não é só dos apaixonados, mas também, das famílias e seus pimpolhos. Por não ser o nosso perfil, não visitamos várias atrações recomendadas como o Mini Mundo, Mundo a Vapor, etc…, porém notamos que a cidade é recheada de atividades para os pequenos. Então, se você tem filhos, Gramado é uma ótima opção, não apenas na época do Natal Luz.

Costumo dizer que ver algo bonito, uma paisagem bonita faz bem aos olhos. Gramado faz muito bem aos olhos: tudo é lindo. As ruas são lindas, a decoração dos lugares é linda, as pessoas se vestem super bem (devido ao frio). E algo que impressiona é a quantidade de mulher bonita por metro quadrado. Sério! Chega a dar raiva! Risos! Já não posso dizer o mesmo em relação aos homens! : (

GRAMADO 2012 002 (3)

Caminhando pelas ruas de Gramado.

plantas gramado

A folhas de plátano (parecida com o símbolo do Canadá), de acer (versão em miniatura) e o dente-de-leão.

ruas de gramado

Ruas de Gramado: é uma delícia caminhar por elas!

Igreja de São Pedro Gramado

Igreja de São Pedro

DICAS DE TRANSPORTE:

É super tranquilo pegar o ônibus da Viação Citral para Gramado no aeroporto através da agência Veppo. Porém, é imprescindível ficar de olho na hora em que seu vôo chega a Porto Alegre, pois o último ônibus sai da rodoviária às 21:00h. Quase o perdemos devido ao atraso de nosso vôo. A passagem custa R$29,70. Se tivéssemos perdido o ônibus, teríamos que desembolsar uns R$300,00 para o transfer ou ter de correr atrás de vans/transfer de empresas como a CVC. Ninguém merece chegar cansado do vôo à noite e passar por isso!

Cuidado com os taxistas! Não sendo politicamente correta, podemos dizer que, infelizmente, alguns taxistas mancham a profissão por quererem se aproveitar de turistas – Gramado não é exceção. Dois episódios me fizeram tomar bronca dos taxistas de lá: ao chegarmos a rodoviária de Gramado às 22:30, cansados, impressionados com o frio e loucos para chegarmos ao hotel, pegamos um taxi e pagamos R$5,00 para ele dar a volta na rua e nos deixar em frente ao hotel, sendo que ele poderia ter nos avisado que era necessário apenas atravessar a rua a pé! No outro dia, pegamos um taxi no Lago Negro para a Igreja de São Pedro. Por ser feriado, as ruas principais estavam completamente engarrafadas, mas as ruas internas não (tenho certeza disso porque caminhamos por elas). O taxista tentou fazer o caminho mais longo e ficou parado no trânsito. Só tomou uma atitude quando pedi para mudar o trajeto pelas ruas auxiliares. Chegamos rapidamente ao nosso destino.

Nos próximos posts: Gramado em detalhes.

Anúncios
Categorias: Viagens | Tags: , , , , | 8 Comentários

Navegação de Posts

8 opiniões sobre “GRAMADO: Feriado de Corpus Christi 2012

  1. Valesca

    Assim que tiver oportunidade estarei lá. Sempre quis conhecer a cidade. Quero ver dicas sobre Natal rsrsrs…, já que vou passar minha lua de mel lá. Bjs

    • Oi, Amiga! Obrigada pelo comentário! Pedido anotado! Assim que eu terminar de escrever sobre Gramado, escreverei sobre Natal, pois também passei minha lua de mel lá.
      Beijinhos!

  2. Rodrigo

    Passei por aqui e gostei da fotografa!!!

  3. Telma

    Obrigada Ana Paula!!! Gostei muito das suas dicas. Por coinscidência, eu e meu esposo também iremos em junho desse ano para Gramado e suas dicas serão super válidas. 🙂

  4. Olá Ana, estou adorando seu blog. Eu e meu marido iremos a Gramado em maio, e seus post estao ajudando muito. Minha preocupaçao é com a chegada a Gramado. Pois alugamos um carro mas pra pegar em Gramado (erro meu ao locar)e como sou cadeirante acho que ir de onibus do aeroporto de POA a Gramado será cansativo. Será que taxi ate Gramado é muito caro?

    • Oi, Kenia! Que bom que o blog está sendo útil! Bem, eu fui à Gramado uma única vez e já tem 2 anos. Creio que um taxi deve ser mais ou menos o mesmo que um serviço de transfer que, na época, nos cobraram R$150 por pessoa. O ônibus é do tipo de viagens e não normal que anda pela cidade. Espero ter te ajudado! Abs! 🙂

Seu comentário é bem vindo! : )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: