Maceió: Passeios e Praias – 2ª parte (Post 4/6)

Olá, caro Leitor! Tudo bem?

Hoje, continuamos com a série de posts sobre Alagoas. Mais precisamente, com a Rota ecológica. As praias do Patacho, Toque, Porto de Rua e Marceneiro ficam ao norte de Maceió.

Já ouviu falar na Rota Ecológica? Não?! Bem, é porque ela não é divulgada nas revistas de viagem, por exemplo, e sim através do boca-a-boca das pessoas que já foram e fazem questão de indicar aos amigos. O Riq Freire é quem começou a espalhar a existência desta beleza em seu Viaje na Viagem. Foi lá que li e reli várias vezes sobre este lugar maravilhoso e decidi que, estando em Maceió, não poderia deixar de conhecer. A Rota Ecológica fica entre São Miguel dos Milagres e Japaratinga ao norte de Maceió.

Praia do Patacho:

Com um Prisma 1.4 alugado, partimos de Maceió e pegamos a estrada litorânea em direção ao norte do estado.  Quando chegar a Barra de Santo Antônio, terá que sair do litoral e rumar em direção a São Luís do Quitunde (interior) para depois passar por Passo de Camaragibe até chegar a Barra de Camaragibe. Aí, você já estará no litoral novamente. É só continuar pela estrada AL-101 e procurar a praia que deseja. Se você tiver um GPS vai te ajudar mais ainda. O nosso “voou” em vários trechos. Mas não precisa se preocupar, há placas pelo caminho e qualquer dúvida é só dar uma paradinha e perguntar: as pessoas são super solícitas para dar informação. Fizemos isso e ficamos impressionados com a simpatia dos alagoanos. Rodamos uns 120km até chegarmos a praia do Patacho (que tem placa com indicação do lado direito). Você entra em uma vilazinha e dá de cara com um coqueiral! É só seguir a trilha que dá na praia e pronto: VOCÊ CHEGOU AO PARAÍSO!!!

MACEIÓ 2012 099_thumb[3]

Trilha no coqueiral. Mais um pouco e você chega…

MACEIÓ 2012 102_thumb[5]

…ao PARAÍSO!!!

MACEIÓ 2012 103_thumb[12]

Lado esquerdo do paraíso! Assim que chegamos demos de cara com isso!!!

MACEIÓ 2012 110_thumb[3]

Praia do Patacho

MACEIÓ 2012 117_thumb[3]

Ô vidinha mais ou menos…

MACEIÓ 2012 230_thumb[6]

Suas águas calma e mornas. Areia fina e branca. Coqueiral. Quer mais o quê?!

Que Deus e os homens mantenham este lugar do jeito que é por muitos e muitos anos!!! É um pedaço do paraíso com toda a certeza. Fomos em janeiro, quando todas as praias ficam lotadas. E quando chegamos lá, não tinha ninguém! Dá para imaginar nossa felicidade?! Durante todo o tempo que estivemos lá, vimos no máximo umas dez pessoas: um grupo familiar e um casal ou outro que passava caminhado pela praia (provavelmente vindos da pousada Patacho que deveria ficar por ali em algum lugar!)

Para aproveitar como se deve, é legal levar água e comida,  já que não há estrutura alguma de barraca. Nós levamos uma bolsa térmica com nossos provimentos e passamos um dia maravilhoso!!! Só curtindo aquele mar de águas mornas, sem ondas e a areia branca e seu coqueiral!!! Vale dizer que a água é verde, mas não chega a ser cristalina devido a areia que, por ser tão fininha, se mistura ao mar. É daquele tipo que gruda mesmo no corpo, risos!

Curiosidades sobre a estrada:

É estreita, porém bonita e em bom estado. Adoramos ver as vilazinhas pelo meio do caminho. Sabe aquelas cenas de novela que se passa no interior quando há aquelas senhoras na porta de casa proseando e vendo a vida passar? Pois é, esta cena é real!

MACEIÓ 2012 135_thumb[3]

Paisagem agradável aos nossos olhos!

 As duas fotos seguintes não tem preço! Tem noção do que é passar de carro e ver uma pracinha no nordeste com as seguintes placas?! Smiley de boca aberta

IMG_4684_thumb[4]

Incrivelmente vazia…risos!

IMG_4685_thumb[3]

Quem se habilita? Brincadeirinha! ; )

 

Praia do Toque:

Na volta da praia do Patacho, vi uma placa indicando a pousada do Toque. Para quem não sabe, o Ricardo Freire do Viaje na Viagem vive falando dessa pousada. Como curiosidade mata, não resisti a conhecê-la. Chegando lá, pedimos permissão e um funcionário gentilmente nos mostrou rapidamente a propriedade, que é linda. Descobrimos que poderíamos fazer uma reserva no restaurante para o dia seguinte. Não pensamos nem meia vez, reservamos para o almoço às 13h. Isso queria dizer que iríamos chegar cedo para curtir a praia do Toque que fica em frente (a pousada é pé na areia). O dia estava lindo, porém não tirei fotos porque voltaríamos.  Esse foi o meu erro. Acordamos cedo e metemos o pé na estrada. Deixamos um lindo dia de sol em Maceió e, depois de rodarmos 120km, encontramos uma praia do Toque nublada. Ninguém merece! Chegamos por volta das 9h. Às 10:30h decidimos voltar para a capital, pois o tempo estava horroroso e indicando chuva. A água que é sempre morna, estava fria para os padrões de lá. Demos boas risadas pela lei de Murphy que me persegue, cancelamos a reserva e voltamos para Maceió que estava ensolarada! Mesmo assim fica a dica: A praia do Toque é linda e você pode aproveitar a praia sem ter os serviços da pousada. Se quiser usufruir do restaurante, é só fazer reserva. Smiley piscando

IMG_4689_thumb[4]

Praia do Toque e a chuva vindo em nossa direção.

IMG_4686_thumb[3]

Pousada do Toque = pé na areia.

 

Praias de Porto de Rua e Marceneiro:

Na volta da praia do Toque (quando a conhecemos), fomos parando em cada entrada de praia que víamos. Assim, descobrimos as praias de Porto de Rua e Marceneiro. Se reparar bem, são bem parecidas umas com as outras. Então, a dica é: se gostou da praia, instale-se nela e curta o dia inteiro…

MACEIÓ 2012 125_thumb[4]

Praia de Porto de Rua.

MACEIÓ 2012 126_thumb[6]

Porto de Rua.

MACEIÓ 2012 129_thumb[4]

Praia de Marceneiro.

 

E aí, achou que acabou? Que nada! O próximo falará sobre minhas impressões sobre a praia do Gunga. Já posso adiantar que eu amei! Aguardem!

Para ler os outros posts sobre Alagoas clique AQUI.

Se você gosta de praia, este post pode te interessar:

https://entreviagens.wordpress.com/2012/07/08/arraial-do-cabo-bate-volta/

Anúncios
Categorias: Viagens | Tags: , , , , , | 16 Comentários

Navegação de Posts

16 opiniões sobre “Maceió: Passeios e Praias – 2ª parte (Post 4/6)

  1. O litoral alagoano é maravilhoso, né? E o mais legal é que tem partes pouco exploradas então elas tem uma tranquilidade e paisagens deslumbrantes!

  2. Seu texto é perfeito e compartilha com carinho extamente como é esse paraíso escondido! Morava em New York até conhcere aqui… resultado?? Nos mudamos para cá e montamos uma pousadinha onde o conceito é: simplicidade com informalidade. Pé no chão, estrelas, arte e saúde. Qdo der saudade, de uma passadinha por aqui e se topar, tomaremos um vinho geladinho! Bjão e muita luz, Ve

  3. A rota Ecológica foi o melhor passeio que já fiz e estou me preparando para refazer, e dessa vez com mais tempo.
    Vou ficar em Maragogi, para aproveitar todo litoral entre Maceió e Recife.

  4. Gostei muito do seu post.
    Parabéns.
    Voltarei aqui mais vezes rsrrsrrsrsr

  5. Impressionante como Alagoas tem praias maravilhosas! Eu preciso voltar neste lugar com calma! Adorei suas dicas e fiquei com muita vontade de pegar um Sol numa praia dessa! 😉

  6. Fany

    Olá!!!
    Estarei desembarcando em Maceio no dia 01/08, por volta das 12:30h, com minha filha de 3 anos… Gostaria de dicas para montar um roteiro de viagem, contando que estarei de carro (alugado) e minha preferência são por piscinas naturais (incluindo a do cavalo marinho) e passeios que a criança poderá fazer tranquilamente… As sim, o roteiro seria de Maceio a Recife, onde estarei embarcando entre os dias 08 e 10/08… Muito obrigada!!!

    • Oi, Fany!
      Fico feliz em ver que você acredita na minha capacidade de montar roteiros, mas você terá que me desculpar por não fazê-lo, já que o objetivo do entreviagens é compartilhar minhas experiências para que VOCÊS montem seus próprios roteiros!
      Obrigada pela participação no blog!
      Tenho certeza de que sua viagem será ótima! 🙂

    • katia

      Oi Fany,
      da uma olhadinha na rota ecologica comentada neste blog. esta bem detalhado e quem sabe te ajude a fazer um roteiro. eu voupra la agora em julho e pretendo visitar maragogi que tem praia com corais, sao miguel dos milagres, porto de pedras aonde fica a pria do patacho que deserta e muito linda.
      segue link do blog: http://www.viajenaviagem.com/2007/07/alagoas-rota-ecologica/
      boa viagem.

  7. katia

    ola…bem legal as suas dicas e comentarios. estou pretendendo viajar para esta região neste mes de julho e espero q esteja bem quente por la pq to fugindo deste tempinho frio de sp. parece um lugar muito lindo, qdo vi as fotos da praia do patacho me apaixonei. voce saberia dizer se é facil conseguir translado de maceio para japaratinga ao chegar no aeroporto de maceio? vou ficar hospedada em japaratinga e to achando o preço de R$200 (por viagem) um pouco salgado. obrigada.

    • Oi, Katia! Que bom que gostou das dicas de nosso blog! Bem, geralmente o preço praticado para translados é mais ou menos este que você falou. Talvez, uma melhor opção seria alugar um carro, pois você ficaria livre para fazer o que quisesse, na hora que quisesse. Foi o que fizemos na época. Em janeiro (2012) alugamos um Prisma 1.4 por R$100,00 a diária. O próprio hotel nos indicou a locadora.
      Espero ter ajudado. 🙂

Seu comentário é bem vindo! : )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: