Posts Marcados Com: passeio de barco

E o Turismo em Boa Vista, Roraima? (Post 2/2)

Turisticamente falando, Boa Vista acaba sendo um ponto de apoio para os aventureiros que vão para o Monte Roraima. Foi uma pena não conhecer o Monte Roraima estando tão “perto” dele, mas fazer uma trilha de 6 dias para se chegar até lá não é a minha praia. 😉

Infelizmente, o estado não está preparado para o turismo. O que é uma pena, pois acredito que tem um super potencial para turismo ecológico. Praticamente não há informações à respeito.

Quase conheci a Serra do Tepequém que fica a 210km da capital (mal comparando com o o Rio de Janeiro, seria a região serrana deles) e possui várias cachoeiras. Porém, foi uma época em que meu marido trabalhava até no fins de semana, impossibilitando nossos passeios. Outro lugar que ouvi dizer que é muito bonito e com cachoeiras é o Uiramutã, mas muito longe e sem infra estrutura.

A capital, em si, possui monumentos e praças como pontos turísticos. A cidade de Boa Vista possui suas “praias” de rio na época da vazante do Rio Branco. Quando chegamos na cidade, era época da cheia e, quando fomos embora na época da vazante, já dava para ver os bancos de areia que formam as praias. Não experimentei suas praias de rio, mas fiz o passeio de barco pelo rio Branco para ver o pôr-do-sol. Passeio super agradável!

No bairro que morei em 2013 (Caçari), havia um parque bem legal chamado Bosque dos Papagaios, lugar onde animais maltratados por contrabando de animais, recebiam tratamento e repouso.

Para ler o outro post sobre Boa Vista, Roraima clique AQUI!

Categorias: Viagens | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Paraíba: A Viagem dentro da Viagem – de Jampa para Pipa (Post 10/10)

Chegamos ao último post da série Paraíba com o relato de uma viagem dentro da viagem: de Jampa para Pipa.

Depois de termos conhecido o Lajedo de Pai Mateus e de nos apaixonarmos pelo lugar (para ler o referido post, clique AQUI), vimos a possibilidade de revisitarmos um lugar que está em nossos corações: Pipa, RN. Ela está a uns 150 km de João Pessoa. Queríamos fazer o passeio de barco para ver os golfinhos, já que não conseguimos na vez em que estivemos lá em lua de mel em 2009 (Leia o post AQUI).

Assim como fizemos com o Lajedo de Pai Mateus, nós fomos em um dia e voltamos no outro para aproveitarmos melhor o momento e não ficar muito cansativo. Mais uma vez, com o google maps na mão e o GPS ligados, rumamos para Pipa no estado do Rio Grande do Norte.

Ficamos na Pousada Lounge e para o que queríamos (lugar barato na alta temporada), nos serviu bem. Porém, se você está sem carro, tem que caminhar um pouquinho. E, se você pensar na lombeira que praias dão, vem uma enorme preguiça de pensar na volta para a pousada. Aliás, mesmo estando de carro, é super difícil encontrar vaga no centrinho de Pipa. Então, é melhor pensar se para você é melhor lidar com a preguiça de caminhar (risos) ou com o estresse de achar uma vaga. 😉 O café da manhã é gostosinho. A seguir, algumas fotos da pousada. Não coloquei a do quarto porque, infelizmente, ficou fora de foco! 😦

E eis que chegamos à praia de Pipa felizes da vida para nosso passeio de barco juntamente com uma nuvem pretíssima que nos avisava que lá vinha água! E não deu outra. Compramos o passeio e ficamos esperando pelo barco e pela chuva. Quando finalmente embarcamos, o pé d’água nos deu seu ar da graça! Ficamos que nem pintos molhados dentro do barco! Mas nem isto tirou nossa felicidade por estarmos em Pipa, pois, finalmente, conseguimos ver os golfinhos! 😀 É o momento fofura do passeio em que homens, mulheres e crianças só conseguem exclamar: Ah! Oh! Ali! Veja! Que lindo! … e assim por diante. 🙂 Pena que não consegui tirar nenhuma foto e eu tô apanhando do meu movie maker para editar o vídeo (quando eu conseguir a proeza, coloco aqui). O barco ainda parou para mergulharmos e aproveitarmos aquelas águas mornas maravilhosas! Ou seja, adoramos o passeio mesmo com chuva!

DICA PARA O PASSEIO DE BARCO:

Este passeio pode ser feito com lancha ou com barcos maiores. Eu fiz com a primeira opção e recomendo, principalmente, para quem não se sente confortável no mar, pois a lancha sai da praia, enquanto para ir em um barco maior, você precisa pegar uma jangada para chegar até o barco, pois este não chega até a praia. O problema é que a jangada passa por uma “arrebentação” e dependendo de como esteja o mar, não é nada agradável para quem tem medo. Enquanto eu estava na lancha, passamos por uma jangada neste momento e vi a cara de desespero de uma mulher vivendo esta experiência. Veja as fotos abaixo das jangadas para entender o que estou falando! 

Depois do passeio, fomos matar a saudade de um dos nossos pratos favoritos: o camarão à grega do hotel Ponta do Madeiro.  Foi muito gostoso almoçar novamente no lugar que nos traz tantas lembranças boas… Porém, levamos um susto, pois quando pegamos o cardápio percebemos que o prato que queríamos não fazia mais parte dele! Meu marido teve que contar toda a história de que havíamos passado nossa lua de mel ali há 4 anos e que havíamos saído de João Pessoa especialmente para comer este prato. Rimos muito com nossa “Lei de Murphy”, mas conseguimos saborear o tão esperado camarão à grega (que desta vez, veio branco mesmo)! 🙂

Camarão no restaurante do Hotel Ponta do Madeiro em Pipa, RN.

Camarão no restaurante do Hotel Ponta do Madeiro em Pipa, RN.

Paraíba 2013 316

No dia seguinte, como o sol estava maravilhoso, decidimos refazer o passeio de barco. Valeu super a pena, pois vimos novamente os golfinhos e pudemos tirar fotos melhores com o tempo bom! Aproveitamos bastante a praia e almoçamos muito bem no restaurante Lua Cheia, já que satisfizemos nosso estômago, paladar e visão! Veja como, nas fotos abaixo:

Com o “bucho cheio”, fomos nos despedir de Pipa revisitando um lugar que adoramos conhecer na primeira vez em que estivemos lá: o Chapadão! Depois, já pegando o caminho de volta para Jampa, demos uma paradinha nas falésias de Cacimbinhas para darmos nosso último “Goodbye” Para Pipa!

No dia seguinte, já em João Pessoa, pegamos nosso vôo para nossa querida Niterói!

Espero que tenham gostado de nossos relatos desta série Paraíba! Fiquem com mais algumas imagens e até o próximo post! 😉

 Vejam o vídeo com os golfinhos e o quarto em que ficamos na Pousada Lounge.

Gostaria de ver como esta viagem começou? É só clicar AQUI e ver o índice com todas as nossas dicas sobre a Paraíba!

Categorias: Comida, Fotografia, Passeios, Viagens | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Passeio de Barco em Arraial do Cabo

No post anterior, falei da Praia do Forno. Hoje, falarei sobre o passeio de barco que pode ser feito em Arraial do Cabo.

Esqueci-me de comentar que meu marido e eu passamos a conhecer Arraial apenas no ano passado (2011). Um absurdo ficar tanto tempo sem conhecer um lugar tão lindo, ainda mais, morando há uns 135 km de distância.

Geralmente, a primeira vez em Arraial significa passeio de barco e, logicamente, foi o que fizemos na nossa primeira estada lá.

Assim que você chega ao porto na Praia dos Anjos, você encontra vááários vendedores do passeio de barco. É só escolher o que lhe agradar mais, pois tem barcos maiores e menores. Se não me engano, o preço do passeio é tabelado: R$30,00 + uma taxa no porto (não me lembro do preço, mas não é caro). Se quiser estacionar seu carro no porto, deve desembolsar R$10,00 para o estacionamento.

Neste passeio, você conhece as Prainhas do Pontal do Atalaia, Praia da Ilha do Farol (que só dá para conhecer através do passeio de barco, pois precisa de autorização da marinha), Fenda de Nossa Senhora, Gruta Azul, Pedra do Gorila e a Praia do Forno.

Vale muito a pena porque a paisagem e as praias são lindíssimas. Porém, se o tempo estiver nublado, não tem a menor graça, pois aquele azul fascinante da água desaparece. Além disso, precisa-se de coragem para cair naquela água gélida sem um sol forte para te aquecer! clip_image002

barco

Um dos muitos barcos que fazem o passeio.

ARRAIAL DO CABO

Adoro esta foto!

ARRAIAL DO CABO

Repare na faixa azul bebê perto da praia.

ARRAIAL DO CABO

Pedra do Gorila – não é que é igualzinho?!

rochas

Paisagem pelo caminho.

ARRAIAL DO CABO

Gruta Azul. Pena que o sol não estava batendo ali.

praia da ilha do farol

Praia da Ilha do Farol. Muito linda!

Nos vemos no próximo post! Sobre o quê? Surpresa! ; )

Outro post sobre Arraial pode te interessar:                                           Bate-volta / julho 2012

Categorias: Passeios | Tags: , , , , , | 9 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.