Posts Marcados Com: pousada charmosa

Hotel Villa São Romão: ótimo custo-benefício

Mal janeiro (2016) começou, meu marido e eu já estávamos passando 3 diárias no Hotel Villa São Romão em Lumiar. Foi a nossa primeira vez e a-do-ra-mos! Descobri a pousada através de fotos de uma amiga no Facebook. Achei o lugar lindo e pedi a opinião dela, que super indicou.

A pousada fica entre Nova Friburgo e Casimiro de Abreu. Sugiro que vá por Casimiro de Abreu, pois a estrada por Nova Friburgo é muito (eu disse MUITO) sinuosa. Acaba sendo uma estrada mais perigosa, além de causar enjoo para quem tem tendência a passar mal em viagem de carro. Quem me alertou foi a minha amiga que se arrependeu amargamente de ter ido por Nova Friburgo (ficou super enjoada, tadinha). Eu só pude constatar isso na nossa segunda vez na pousada, quando decidimos ir a uma festa agostina em Lumiar. (Para ler sobre esta segunda viagem, é só clicar AQUI! O post está em meu blog Histórias Infantis Abobrinha Studios)

LagoVilla São Romão possui apenas 6 chalés (mas parede que estão construindo mais 2 chalés). A propriedade é enorme, há um lindo lago onde você pode passear de caiaque e pedalinho. Há várias piscinas naturais, além de duas trilhas dentro da área do hotel: a primeira, você pode andar tranquilamente  por quase 1 km margeando o rio Macaé. A segunda, é uma trilha mais pesada com 5 horas de duração. Um guia é necessário e paga-se uma taxa de R$100 o casal (se não me engano). A pousada possui, ainda, um salão de jogos, sauna integrada à piscina, além de ser pensão completa com café da manhã, almoço e jantar. As refeições são muito saborosas, com um gostinho de comida caseira sofisticada. Há sempre 2 opções de pratos principais e 2 tipos de sobremesa.

Orquidea

Apesar de termos visto apenas casais, o hotel aceita crianças. É o tipo de pousada em que você vai para descansar e desfrutar da natureza que ela oferece. Aliás, o paisagismo é lindo! Várias orquídeas espalhadas pelo jardim! Nem fotografei muito, né?!  😉

Farei um post só com as fotografias das flores!!! ❤

Adorei, também, a decoração da pousada. Os chalés são super confortáveis. Nos chalés do jardim (onde fiquei), você dorme ao som do rio que passa por trás do chalé. Você pode, inclusive, curtir esta trilha sonora natural balançando na rede que fica na varanda do chalé!

Aproveite e veja o vídeo que fiz mostrando o chalé e o lago!

Quando fomos, os dias estavam chuvosos, mas isso não atrapalhou nossa estada! Se tiver que escolher entre dias chuvosos na montanha ou na praia, é lógico que fico com a primeira opção! 🙂 Você encontra aqueles guarda-chuvões em vários cantos da pousada.

Lago-guarda-chuva

Então, se você gosta de descansar em meio à natureza, gosta de piscinas naturais com águas gélidas kkk, comida gostosa, conforto e decoração de bom gosto, eu te recomendo o Villa São Romão, pois você terá tudo isso e o custo-benefício é muito bom!

Veja, também, o slide com as fotografias que fiz de lá! 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia sobre a minha segunda viagem! Clique AQUI! O post está em meu blog Histórias Infantis Abobrinha Studios

Anúncios
Categorias: Passeios, Viagens | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

GRAMADO – 2012 – Hospedagem

Estamos de volta! clip_image002

Vamos começar a detalhar a viagem a Gramado por tópicos e o de hoje, como o título diz, é hospedagem. Para mais dicas sobre hotéis e pousadas em Gramado é só pesquisar no viaje na viagem, que foi onde iniciei minha busca.

A minha dica é ficar o mais próximo possível das ruas principais (Av. Borges de Medeiros e Av. das Hortências), pois você pode caminhar tranquilamente por Gramado não precisando alugar carro. Aliás, alugar carro para ficar na cidade em um feriado, por exemplo, é furada porque as ruas principais ficam completamente engarrafadas (não estou exagerando) é quase impossível de achar vaga para estacionar. Ficamos felizes da vida por não termos alugado carro.

Nos hospedamos na Pousada Giardino di Pietra que tem ótima localização por ficar na Av. Borges de Medeiros, praticamente em frente à rodoviária de Gramado e entre dois restaurantes muito bem comentados: Il Piacere e Cantina Pastasciutta.

Fachada Giardino di Pietra

Fachada da pousada Giardino di Pietra

A diária não é barata R$325,00 o apartamento luxo (o mais simples), mas este é o custo/benefício de se estar super bem localizado, em uma pousada muito charmosa e com um café da manhã saboroso. Ah… o suco de uva integral é maravilhoso! Bebi muitoooo! clip_image002[1] O restaurante Il Piacere pertence ao mesmo dono da pousada e o café da manhã é servido neste restaurante.

café da manhã

Café da manhã

Il Piacere

O restaurante Il Piacere

À noite na recepção, você encontra um cházinho com biscoitos deliciosos – ótimo para quando você chegar da rua quase congelado.

GRAMADO 2012 005

A pousada possui wi-fi, calefação e algo que um dia ainda terei em minha casa: toalheiro elétrico no banheiro (tem noção do que é terminar seu banho e se secar com uma toalha quentinha?). A pousada ainda possui duas bicicletas para se você quiser pedalar por gramado com seu amor (não foi o nosso caso, pois sou preguiçosa mesmo, risos!) e um jardim de inverno muito lindinho. Adorei a decoração da pousada. Tirei várias fotos. Ah! No primeiro dia ao chegarmos, encontramos barrinhas de chocolate e um cachecol em nossa cama como cortesia.

quarto Giardino di Pietra

sala de estar Giardino di Pietra

recepção Giardino di Pietra

Giardino di Pietra

GRAMADO

O jardim de inverno e as bicicletas

Meu único porém é quanto ao atendimento da recepção. Não estou dizendo que nos recepcionaram mal, absolutamente, mas acho que o atendimento poderia melhorar, pois ao pedir uma informação, eles não detalham a resposta, que é algo que o turista preza: detalhes para não perder tempo tendo que descobrir como chegar a um lugar, por exemplo. Meu marido e eu chegamos à conclusão de que é uma questão cultural. Devido a sua colonização, a região sul tem a fama de ter uma “personalidade” mais fechada do que o resto do país. Lógico que há suas exceções, mesmo assim, há que se ter em mente este aspecto cultural ou você achará que foi mal atendido, principalmente, se você comparar com o nordeste do país que, às vezes, cai no extremo oposto da situação. No final, já estávamos achando graça das situações de “mal” atendimento em alguns lugares pelos quais passamos. Ou seja, foi um pequeno choque cultural. clip_image004  Como disse que há exceções, fomos muito bem atendidos (sob nosso ponto de vista) no Café Bello Gusto e pelo guia Mateus Castro, experiências que contarei em outros posts.

Um dos motivos de amar viagens é o fato de você sempre aprender algo novo. Neste caso, foi constatar que as pessoas são culturalmente diferentes sim e se faz imprescindível aprender a respeitar as diferenças.

Próximo post: os passeios!!! Até lá!

Deseja ler mais sobre Gramado? Clique nos links abaixo:

     Feriado de Corpus Christi (2012);

    Passeios (2012);   

    Comida + Compras (2012);

    Vídeo sobre Gramado (2012);

Categorias: Viagens | Tags: , , | 1 Comentário

POUSADA TANKAMANA

Friozinho chegando…

…e com ele chega, também, aquela preguicinha, vontade de ficar embaixo do edredom, assistindo a um bom filme com uma caneca de chocolate quente! Se tiver companhia então!!! Que delícia!!!

A dica de hoje é para quem adora curtir o frio muito bem acompanhado ou para aquele que quer descobrir este prazer.

Sou fã de carteirinha da pousada / eco resort Tankamana em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Fui duas vezes com meu marido e, desde então, a indico para todos que conheço. Três casais amigos já foram por minha indicação e não se arrependeram. De antemão já digo que não é uma pousada barata, afinal, é considerada uma das pousadas mais charmosas do Brasil. Contudo, vale cada real investido.

Descobri o Tankamana, por “acaso” em 2009, enquanto pesquisava, na internet, por pousadas na região serrana, pois meu marido e eu queríamos fazer algo especial. Entrei no site e me apaixonei pelo lugar, mas tive que arquivar o endereço em “meus favoritos”, já que naquela época, infelizmente, tal “extravagância” não cabia no nosso bolso. Um ano depois, com o intuito de comemorarmos nosso aniversário de relacionamento, surgiu a oportunidade que ansiava: conhecer o Tankamana. A pousada nos proporcionou momentos tão especiais e de excelente serviço que voltamos no ano seguinte e esperamos retornar muitas vezes mais.

A pousada fica perto de Itaipava, mais precisamente no Vale do Cuiabá – sim, aquele lugar onde houve a catástrofe das chuvas em janeiro de 2011. Estive lá antes, em julho de 2010 e depois em novembro de 2011 e posso dizer que está tudo tranquilo, apesar da paisagem do caminho ter mudado, obviamente, pelo trabalho das escavadeiras. O Tankamana teve muita sorte, pois seu terreno é enorme e a única área afetada foi o do espaço zen com ofurô e o restaurante na entrada da propriedade, ambos levados pela enxurrada. Tenho fotos dos lugares para lembrar o quanto eram lindos! Para quem não os conheceu, ao chegar à pousada, não vai notar a menor diferença. O Tankamana continua lindo! Eles construíram outro restaurante perto da recepção que é ótimo!

espaço zen

Espaço Zen que não existe mais.

Apesar de ficar a uns 20 minutos de Itaipava (informação dada pela pousada), você verá que ao chegar não terá a menor vontade de sair de lá, pois você terá tudo o que precisa para um final de semana maravilhoso. Até mesmo pelo investimento que estará fazendo, não acho que valha a pena sair de lá para almoçar ou jantar por alguns motivos: a última vez que fui a Itaipava achei tudo muito caidinho; o tempo de deslocamento ida e volta faz você perder tempo de curtir sua estadia; e porque o restaurante do Tankamana é maravilhoso e tem um preço justo para a qualidade do serviço.

Ao chegar, você é muito bem recepcionado por uma equipe altamente preparada para te atender. Na nossa segunda estada, não foi preciso nem passar pela burocracia do check-in, já que eles tinham todos os nossos dados. Geralmente, ao chegar, você é gentilmente convidado para o café da manhã, mesmo que tenha chegado por volta das 11h30min! Outra delicadeza é o fato deles pedirem para você marcar as opções de hortaliças de sua preferência numa comanda para, no momento do check-out, te entregarem uma bolsa com exemplos dos produtos da horta orgânica que possuem. Não ligo para saladas, mas a bolsa que recebemos estava tão bonita que dava até vontade de comer! Risos!

Nas duas vezes que nos hospedamos, ficamos nos chalés especiais, sendo uma vez no chalé com hidromassagem dupla e a outra no chalé com ofurô. Ambos lindos, aconchegantes e com lareira. Os amenities do banheiro são da Natura e algo que eu adorei foi o cabideiro para toalha elétrico, que mantém as toalhas sempre quentinhas! (Quero um para mim!)

TANKAMANA 1

TANKAMANA 2

TANKAMANA 4

TANKAMANA 3

São apenas 16 chalés numa área enorme, portanto, a probabilidade de “esbarrar” em outros hóspedes é muito pequena. Nas duas vezes em que estivemos lá, ficamos à noite jogando sinuca sozinhos na sala de jogos e ninguém apareceu! Além da sala de jogos com mesa de sinuca, jogo de dardos, xadrez e vídeo games, a pousada possui uma piscina clorada e uma natural, sala com alguns aparelhos de ginástica (só viciado em malhação para pensar em ginástica estando lá), sauna, hidromassagem, uma sala de cinema, instrutor de arco e flecha, além de trilhas para serem exploradas.

DSC04620

Piscina clorada. Fica na área do café da manhã, sala de jogos e sala de ginástica.

tankamana 6

Área da piscina natural. Na “cabana”, hidromassagem e sauna.

tankamana 8

tankamana 7

tankamana 5

Trilhas e mirante. Esteja preparado para o esforço físico!

Entre uma atividade e outra, o namoro fica por sua conta! Alegre

Outra agradável surpresa é ser convidado para tomar uma xícara de chocolate quente com direito a um pedacinho de bolo divino, por volta das 17 horas na área da recepção! Só de lembrar já me dá água na boca!!!

DSC04711

Chocolate quente na área da recepção.

Aliás, a experiência gastronômica no Tankamana é inesquecível. Além de a comida ser maravilhosa, o ambiente dos restaurantes te proporciona uma degustação especial, pois decoração e trilha sonora são impecáveis.

O café da manhã é fabuloso! Sucos, bolos, pães, quiches, iogurtes, frutas, cereais… tudo que você possa imaginar com música clássica de fundo! A omelete de queijo e presunto é uma delícia. Ter uma mini grelha na sua mesa para derreter o queijo coalho e manter os pães de queijo quentinhos é divino. Para nós esta experiência foi um dos pontos mais altos de nossa estadia.

tankamana 9

TANKAMANA 10

O outro ponto alto foi o jantar embalado por MPB de ótima qualidade no restaurante principal que é aberto ao público. O prato que nos conquistou foi a truta com molho de amêndoas, batata souté e arroz de nirá. Simplesmente ma-ra-vi-lho-so, leve e delicioso! Para fechar com chave de ouro: brownie de nutella com sorvete!

DSC04722

Truta ao molho de amêndoas, batatas souté e arroz de nirá.

Tankamana Nov 2011 179

Brownie de nutella e sorvete de creme.

TANKAMANA 11

Tudo isso numa área de muito verde que nos dá sensação de tranquilidade. Como adoro fotografar, (mas ainda estou engatinhando no assunto) tirei muitas fotos de flores.

TANKAMANA 12

Flores que você encontra no Tankamana.

tankamana 13

Área dos chalés. As duas fotos de baixo são dos chalés que ficamos.

Outro mimo é, ao acordar de manhã, receber o jornal na porta de seu chalé. Não tem como não se sentir feliz e satisfeito com tal atendimento.

Uma grande vantagem que vejo, na questão das tarifas, é o fato da pousada não fazer pacotes para feriados. As pousadas, em geral, fazem pacotes bem caros nos feriados e se você quiser usufruir apenas uma diária durante este período elas não aceitam. No Tankamana você não tem este problema. Ano passado, nós resolvemos aproveitar o feriado de 15 de novembro que caiu numa 3ª feira. Bem, sextas, sábados e feriados a tarifa é mais cara do que de domingo à quinta-feira. Nós decidimos pegar uma diária de domingo para segunda (já que seria véspera de feriado e por isso emendado), pois sairia mais em conta e ainda teríamos a própria 3ª feira do feriado para descansar em casa. Ainda conseguimos fazer um late check-out – mais uma gentileza da pousada, por naquele dia não haver hóspedes para o chalé em que estávamos.

Enfim, espero que tenham gostado da dica! Não vejo a hora de poder ter um repeteco dessa minha experiência com o Tankamana…

Categorias: Comida, Viagens | Tags: , , , , | 6 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.